【RINITE E SINUSITE】Remedio Natural Sinusite Dor Cabeça

0
171

Sinusite e dor de cabeça: como se comportar?

Tratamentos Para Rinite Alérgica. Aqueles que sofrem de sinusite e rinite sabem muito bem que a dor de cabeça é muitas vezes um companheiro indesejado, se não inevitável, que acompanha a inflamação dos seios, especialmente em tempos de aumento do congestionamento.

A associação é tão conhecida que tem seu próprio nome: dor de cabeça sinusal.

As pessoas afetadas lutam com uma dor maçante e latejante ao topo da face causada pelo aumento da pressão nos seios faciais, pequenos vácuos localizados atrás do nariz, olhos e bochechas ligados ao nariz.

Os seios paranasais produzem muco, uma substância mais ou menos densa que ajuda a bloquear a entrada de bactérias ou partículas do ar para o corpo.

A eliminação do muco é permitida por pequenas estruturas, os cílios, que empurram para fora dos seios para que possam ser expelidos pelo nariz.

A comunicação entre o nariz e os seios paranasais permite a circulação normal do muco.

No entanto, em caso de infecções no nariz e nas vias aéreas superiores ligadas ao resfriado comum, o inchaço associado à inflamação pode restringir o ponto de passagem.

A pressão nos seios paranasais aumenta, levando ao aparecimento de sintomas de sinusite e, se for muito alta, à dor de cabeça.

 

→ PRINCIPAIS DICAS FINAL DO ARTIGO

 

Quer ver depoimentos e dicas sobre Rinite Alérgica

Deixe seu comentário no vídeo abaixo!

Trabalhamos com amor e dentro do possível seu comentário será respondido!

Este conteúdo não substitui uma consulta medica!

#dietablogbr

 

(VÍDEO) → 5 Remédios Naturais Para Curar a Rinite Alérgica

 

O que é sinusite?

A sinusite é uma inflamação dos seios paranasais.

Este distúrbio pode se apresentar em diferentes formas. Em particular, a sinusite com duração entre duas e três semanas é definida como “aguda”.

– Sinusite que dura por mais de 12 semanas é denominada crônica.

– A sinusite “recorrente”, finalmente, atinge mais ataques durante o ano.

A sinusite aguda muitas vezes começa com um resfriado: os vírus podem inflar o revestimento dos seios paranasais, que respondem à agressão do micróbio produzindo mais muco.

Este último, no entanto, permanece bloqueado devido ao inchaço, criando um ambiente fértil para as bactérias. O resfriado pode, assim, evoluir para uma infecção bacteriana.

Na base da sinusite crônica também pode haver outros fatores além dos micróbios, como:

– Rinite alérgica

– Problemas no nariz (como desvio do septo nasal)

– Doenças ou distúrbios de saúde (pólipos que bloqueiam os seios paranasais).

Mesmo uma forte mudança de temperatura ou pressão do ar pode desencadear o problema, enquanto o uso excessivo de descongestionantes nasais em sprays, fumaça de cigarro e mergulho em água pode aumentar o risco de desenvolvê-lo.

A prevenção da sinusite passa, em resumo, da luta para qualquer fator que possa causar inchaço ou impedir que os cílios transmitam o muco para o nariz.

O sintoma mais comum da sinusite é provavelmente a expiração obstruída pelo nariz fechado. Para este problema pode ser adicionado:

– Febre

– Fraqueza

– Fadiga

– Tosse que pode piorar à noite

– Náuseas

– Redução do olfato e paladar.

Às vezes, o excesso de muco pode entrar na garganta. Outras vezes, no entanto, os sintomas clássicos de sinusite também são adicionados, como:

– Mau cheiro na boca

– Dores nos dentes

– Uma forma particular de dor de cabeça.

 

Sinusite onde doi

De fato, os sintomas da dor de cabeça se apresentam como uma constante dor pulsante não só ao nível da testa, mas também ao nível facial, ao redor dos olhos e bochechas.

Normalmente, apenas metade da face é afetada e os aborrecimentos são mais intensos nas primeiras horas do dia.

Na verdade, a dor de cabeça sinusal aparece principalmente pela manhã, ou quando você está deitado, mas piora quando você se inclina.

De fato, o acúmulo de secreções mucosas nas cavidades paranasais e o aumento da pressão ocorrem quando certas posturas são assumidas.

É por isso que a dor de cabeça pode ser acompanhada (mas nem sempre) por dor ou sensação de opressão ao redor dos olhos, na área das maçãs do rosto e na testa e por fim aos dentes da arcada superior.

A dor pode se tornar mais intensa a cada movimento da cabeça, e até mesmo mudanças bruscas de temperatura podem dificultar.

Nas situações mais complicadas os aborrecimentos podem conseguir envolver outros pontos da cabeça. Além disso, o rosto pode ficar inchado e tornar-se sensível ao toque.

Em alguns casos, os incômodos são semelhantes aos de uma enxaqueca ou dor de cabeça associada a estresse ou problemas no pescoço.

É por isso que é possível cometer um erro ao diagnosticar e confundir diferentes tipos de dores de cabeça.

No caso da sinusite, no entanto, as dores associadas aos sintomas da sinusite são:

– Produção abundante de muco (às vezes amarelo ou esverdeado)

– Febre.

Por todas estas razões, manter as passagens nasais o mais livre possível é essencial, não só para evitar o agravamento da sinusite, mas também para aliviar a dor de cabeça que a acompanha.

 

Sintomas de sinusite

A sinusite pode durar muito mais do que o congestionamento associado a um resfriado e, quando associada a uma infecção bacteriana, pode ser particularmente difícil de tratar.

Além disso, os seios paranasais podem inflamar-se repetidamente devido a alergias, continuamente causando dores de cabeça sinusais.

Em situações em que o problema persiste por mais de uma semana, ou se piorar, é aconselhável consultar um médico.

Em caso de infecção bacteriana, o uso de antibióticos pode ser necessário; e em caso de alergia, anti – histamínicos podem ser prescritos.

Finalmente, o médico pode prescrever sprays ou gotas de cortisona ou um exame médico realizado por um otorrinolaringologista, que em casos extremos pode até mesmo sugerir se submeter a intervenções destinadas a melhorar a drenagem dos seios paranasais.

 

Sinusite tratamento caseiro

Caso os sintomas da sinusite forem leves, podem ser suficientes:

– Terapia de repouso

– Hidratação abundante

– Descongestionantes nasais

– Se necessário, analgésicos.

Ambos os descongestionantes nasais e alguns analgésicos podem ser comprados em farmácias sem a necessidade de receita médica.

No entanto, é importante lembrar que os analgésicos aliviam o desconforto sem agir em sua causa. Em outras palavras, eles não são uma cura para dor de cabeça sinusal.

O uso de descongestionantes deve, em vez disso, ser avaliado em conjunto com o médico, especialmente em se tratar de sinusite alérgica, durante a gravidez e lactação, e quando o nariz entupido é o das crianças.

 

Alguns conselhos práticos sobre sinusite

Para reduzir a pressão do muco e facilitar a drenagem, é necessário manter o grau correto de umidade no ambiente externo e no corpo.

Por isso, é necessário em primeiro lugar umedecer o ar, melhorando com um umidificador. Os sistemas tradicionais também são uma ótima alternativa, como os recipientes cheios de água fervente, por exemplo.

Também são indicados banhos quentes em chuveiros: o calor e o vapor inalado ajudam a afinar as secreções e expulsá-los.

Compressas quentes na área ao redor dos olhos, nas bochechas e na testa ajudam o descolamento do muco acumulado.

Uma toalha quente pode ser suficiente para provar os benefícios: Aplicar na área dolorida por alguns minutos várias vezes ao dia pode ajudar a encontrar alívio.

Beber muita água ajuda a hidratar as secreções, fluidificando-as e facilitando sua eliminação.

E no que diz respeito à alimentação, é sempre bom garantir uma dieta saudável rica em frutas e vegetais.

 

Libertar as vias aéreas superiores para evitar a sinusite

Em qualquer caso, o objetivo a ser alcançado com um tratamento é manter a passagem do trato respiratório superior o mais livre possível.

A realização de irrigação nasal também pode ser útil para promover a eliminação do muco e qualquer pólen, entre outros irritantes.

Você pode usar diferentes soluções salinas para lavagens nasais e soluções de água do mar prontas que são encontradas em farmácias.

Até mesmo alguns óleos essenciais, como melaleuca, podem ser usados ​​porque agem nas passagens nasais.

Alternativamente, pode utilizar fumigações, ou a inalação de vapores a partir de um recipiente cheio com água fervente, que ajuda a:

– Drenar as vias aéreas

– Reduzir a congestão

– Aliviar a dor e tensão do rosto.

 

Para a água podem ser adicionadas ervas como:

– Gengibre

Alho batido com vinagre de maçã

– Eucalipto

– Tomilho

– Botões do pinho

– Camomila.

Os inaladores são melhores aproveitados com:

– Águas termais,

– Óleos essenciais naturais, como:

  • lavanda
  • eucalipto
  • helichrysum
  • própolis

– Limão

– Camomila

– Soda ou aerossóis.

Mesmo medicamentos mucolíticos podem ajudar a diminuir o muco e, portanto, facilitar a sua remoção a partir dos seios paranasais.

 

Reduzir a inflamação acalma a dor de sinusite

Alguns casos de sinusite aguda podem precisar usar drogas analgésicas anti-inflamatórias, que atuam tanto na mucosa congestionada quanto na inflamação e, portanto, no inchaço e na dor de cabeça.

As vias aéreas superiores serão mais fáceis de tratar, evitando a estagnação do muco, que causa uma fácil recaída da sinusite.

O uso de descongestionantes deve, em vez disso, ser avaliado em conjunto com o médico, especialmente se for uma sinusite de base alérgica.

ATUALIZADO: 21.05.18

LEAVE A REPLY

um × 1 =